Deserto do Atacama

Deserto de Atacama está localizado na região norte do Chile até a fronteira com o Peru. Com cerca de 1000 km de extensão, é considerado o deserto mais alto do mundo. É o deserto não polar mais seco do mundo, pois chove raramente na região, em consequência de as correntes marítimas do Oceano Pacífico não conseguirem passar para o deserto, por causa de sua altitude. A maior parte do deserto é composta por terreno pedregoso, lagos de sal (salinas) e areia.

As temperaturas no deserto variam entre 0 °C à noite a 40 °C durante o dia. Em função destas condições existem poucas cidades e vilas no deserto; uma delas, muito conhecida, é São Pedro de Atacama, que tem pouco mais de 3000 habitantes e está a 2400 metros de altitude.

A região foi primeiramente habitada pelos atacamenhos, povo da região juntamente com a civilização dos nativos aymaras, ambos deixaram um legado inestimável em termos arqueológicos, daí o seu nome deserto de Atacama. Nas entranhas do deserto também podem-se descobrir ruínas intactas como as Vivendas Circulares de Tulor, que datam do 800 a.C., e as pukaras, fortalezas de defesa em Quitor e Lasana.

Os 2.400m de altitude, dificultam a chegada de ar úmido. Do lado leste do deserto, ainda existe uma forte barreira natural, a Cordilheira dos Andes, que impede a chegada do ar úmido advindo, principalmente, da Amazônia. Em função dessas características, forma-se uma região muito seca, que é a área do Atacama, onde raramente chove.

Não por acaso, ele é considerado pelos astrônomos como um dos melhores lugares da Terra para observar os corpos celestes, pois raramente se formam nuvens nessa localidade.

Click na imagem para aumentá-la...

Veja aqui outras viagens...

error: Este conteúdo é protegido!!!